Abenepi-Rio

Associação Brasileira de Neurologia e Psiquiatria Infantil e Profissões Afins

Paralisia Cerebral: diagnóstico e tratamento na atualidade

11 students

Resumo: Curso voltado para o esclarecimento de pais, cuidadores e profissionais de saúde a respeito da paralisia cerebral: suas causas, classificação e tratamento nos dias atuais, sempre com visão multidisciplinar.

Conteúdo:

  • Tratamento com toxina botulínica dentro de um programa de reabilitação – Sandro Dorf
    • Resumo: Aborda conceitos do tratamento de reabilitação infantil multiprofissional com metodologia interdisciplinar em crianças com paralisia cerebral, bem como as aplicações de toxina botulínica considerando as indicações deste medicamento e a prática clínica.
  • Atuação da Terapia Ocupacional na Paralisia Cerebral – Cinara Maia de Sá
    • Resumo: Um breve relato sobre definição, avaliação, intervenção, abordagens, recursos e equipamentos utilizados no tratamento com paralisia cerebral.
  • Abordagem da Sialorréia na paralisia cerebral – Bruno Scofano Dias
    • Resumo: Sialorreia é a perda de conteúdo e de saliva da boca, é considerada patológica a partir dos 4 anos de idade e é muito comum em crianças com doenças neurológicas. A prevalência da sialorreia na paralisia cerebral (PC) é de aproximadamente 44%, sendo mais frequente e mais grave naquelas crianças classificadas como GMFCS IV e V. A fisiopatologia da sialorreia na PC tem como principal mecanismo a disfagia de fase oral levando a sialorreia anterior, ou seja, a perda anterior de saliva, e a disfagia de fase faríngea levando a sialorreia posterior, ou seja, a aspiração de saliva. A sialorreia anterior acarreta consequências clínicas dentárias e cutâneas, consequências sociais e familiares; e a sialorreia posterior acarreta consequências respiratórias, participando de um esquema fisiopatológico de interação de diversos fatores que atuam no aumento da morbimortalidade nas crianças com PC. A mensuração da sialorreia anterior é realizada através de métodos objetivos, subjetivos e de avaliação do impacto na criança e na sua família e a mensuração da sialorreia posterior é realizada através de exames complementares. No tratamento da da sialorreia podem estar indicadas diferentes modalidades terapêuticas, sendo as principais: treino para consciência sensorial e habilidades motoras orais; aplicação de toxina botulínica em glândulas salivares; tratamento cirúrgico; e tratamento farmacológico com anticolinérgicos.
  • Paralisia Cerebral: diagnóstico e classificações – Heloísa Viscaíno Pereira
    • Resumo: Palestra aborda brevemente os princípios e técnicas de diagnóstico de paralisia cerebral com ênfase no diagnóstico precoce e descreve a classificação topográfica, funcional e de comorbidades destes pacientes.
  • Atuação fonoaudiológica na Paralisia Cerebral – Anna Carolina N. W. B. Villar
    • Resumo: Atuação Fonoaudiológica na Paralisia Cerebral – Importância da Fonoaudiologia no processo de reabilitação de pacientes com Paralisia Cerebral: trabalho na alimentação e deglutição, e também nos processos de comunicação e aprendizagem.
  • Um olhar para as famílias – Andréa Lúcia Guimarães Caroli
    • Resumo: A história de qualquer criança dentro da família começa muito antes de seu nascimento, se inicia no imaginário, na fantasia e no pensamento de seus progenitores. Há um processo de luto entre o filho que foi idealizado e o filho real vivenciado pelas famílias que se deparam com o diagnóstico do filho com paralisia cerebral. Processo este que é experienciado de forma intensa, abrupta, dolorosa e frustrante. Essas famílias estão diante de algo que não é passageiro e impactará suas vidas, portanto possuem necessidades emocionais que precisam ser olhadas, cuidadas, para que possam desenvolver habilidades importantes que serão base na promoção de saúde emocional.
  • Intervenções do fisioterapeuta na Paralisia Cerebral – Jaqueline Almeida Pereira
    • Resumo: A paralisia cerebral é uma das causas mais comuns de incapacidade física na infância. A atuação do fisioterapeuta junto à criança com paralisia cerebral deve ser pautada na aquisição da sua independência. A criança precisa ser encorajada a realização e participação de tarefas desejadas por ela e pela família. Através do conceito da atuação da equipe de reabilitação multiprofissional, intervenções baseadas em treinamento de atividades, ambiente rico em estímulos e interação da criança e dos pais. Podemos chegar ao melhor da sua potencialidade motora.
  • Live: Dia 18/11/2020 às 19h com Dr. Sandro Dorf, Dra. Heloísa Viscaíno Pereira e Dr. Giuseppe Pastura (moderador) pelo canal do Youtube na Abenepi Nacional.

Carga horária total: aprox. 3h20.

Como assistir: As aulas do curso são pré-gravadas e ficam disponíveis online. Faça o login no site e acesse o menu “Cursos Abenepi-Rio“>“Minha Conta”. Dentro dessa página, selecione o menu “Cursos” > “Adquirido” e clique no nome do curso para dar início. Você pode se inscrever a qualquer momento e assistir as aulas quando e quantas vezes quiser! O curso fica disponível de forma permanente, sem prazo de início, conclusão ou expiração.

Forma de Pagamento: O pagamento é feito pelo PagSeguro. Como método de pagamento são aceitos cartão de crédito, débito em conta e boleto bancário. Pagamentos via boleto podem demorar até 5 dias úteis para serem identificados. As matrículas são confirmadas apenas após a identificação do pagamento e a liberação de acesso ao curso ocorre em até 3 dias úteis. Pedidos pagos através de cartão de crédito também podem demorar até 3 dias úteis para serem liberados.

Associados Abenepi precisam estar com a anuidade em dia e o prazo de liberação de acesso ao curso é de 5 dias úteis.

Público alvo: Professores, pais e profissionais de saúde.

Certificado: Os certificados serão enviados automaticamente por email a todos aqueles que tiverem assistido a pelo menos 75% das aulas ao final do curso.

Instrutor

R$49.90
*Grátis para Associados Abenepi.

Deixe um comentário